titulo  
_Abadia dos Dourados

 

_Araguarí
_Araxá
Introdução_
Edifício Modelo
  _Campina Verde
Objetivos Gerais_
_Campo Florido
Objetivos Específicos_ _Conceição das Alagoas
Metodologia_ _Conquista
Equipe Executora_ _Coromandel
Iniciação Científica_ _Estrela do Sul

 

_DOCOMOMO

International working party for documentation and conservation of buildings, sites and neighbourhoods of the modern movement

_

Imagem do edifício/situação
fonte:
acervo Prefeitura de Patos de Minas
data da imagem:
17/12/2008

1. IDENTIDADE DO EDIFÍCIO/GRUPO DE EDIFÍCIOS / CONJUNTOS URBANOS / PAISAGEM / JARDIM

Nome do edifício: Edifício Modelo
Variante ou nome anterior:
Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 505 a 519
Cidade: Patos de Minas
Estado: MG
Cep:38700-126
País: Brasil
National grid reference:
Classificação/tipologia:
arquitetura residencial
Estado de proteção e data: IPAC – Inventário de Proteção de Acervo Cultural de Patos de Minas, 2008. De acordo com a legislação municipal, os bens inventariados são protegidos de descaracterizações e destruição.

2. HISTÓRIA DO EDIFÍCIO

Proposta original: Conjunto composto de cinco casas de dois pavimentos geminadas, construído na década de 1960, por iniciativa Antônio Cirino, dono do terreno. O apartamento localizado na esquina possui planta diferenciada dos demais, com duas garagens, pois foi planejado para abrigar a família de seu idealizador.
Datas:
obra:1960 (e)
Autor do projeto e colaboradores:
Outros associados ao projeto:
Alterações significativas com datas:
A principal alteração observada é a alteração de uso de algumas das residências, adaptadas para fins comerciais; não foi possível a identificação das datas das adaptações.
Uso atual: Misto - residencial e comercial
Estado de conservação: Regular

3. DESCRIÇÃO

Descrição geral: O conjunto, implantado nos limites frontal e lateral direito do terreno, apresenta cinco residências de dois pavimentos geminadas, sendo que a da extremidade da esquina possui planta diferenciada com duas garagens. As demais residências possuem planta regular, com acesso individual direto para a rua, com pequeno afastamento frontal, criando um pequeno alpendre, protegido pelo avanço em balanço do pavimento superior. A planta tipo se constitui em piso térreo que abriga sala, copa e cozinha. O acesso ao pavimento superior se faz por uma escada estreita, em forma de L, que dá acesso a um pequeno corredor superior, um banheiro e dois quartos. Os quartos se encontram dispostos nas extremidades do corredor, possibilitando a abertura de janelas para a Avenida e para os fundos da construção.  O banheiro, localizado entre os dois quartos, tem acesso pelo corredor. Observa-se que esta distribuição de espaço segue a racionalidade coerente com o modo de viver moderno e os preceitos da arquitetura moderna, com espaços reduzidos, porém articulados funcionalmente. No térreo observa-se ainda a presença de uma edícula separada do corpo principal, com quarto de empregada e banheiro, tanque e estrutura com pilares de concreto para sustentação da caixa d’água. O pavimento superior é emoldurado por um elemento de alvenaria que envolve todas as janelas frontais criando uma pequena marquise sobre o pavimento inferior, dando um sentido de unidade ao conjunto, que se contrapõe à individualização das entradas do térreo. O apartamento localizado na esquina (à direita do edifício), com o objetivo de servir á família de seu proprietário, possui planta diferenciada, com duas garagens. A fachada voltada para a Rua Marechal Floriano também é diferenciada pelo tratamento de parte da superfície com relevos horizontais e o um pequeno volume projetado sobre a marquise. Na esquina, o pavimento térreo se apresenta em chanfro, que não tem continuidade no pavimento superior, sobre a marquise.
Construção:
Contexto: O edifício encontra-se implantado em uma das mais importantes e amplas avenidas da cidade, que ainda mantém uma forte ocupação residencial, mesclado com a presença de edifícios institucionais, porém de gabarito baixo. Sua volumetria é essencialmente horizontal, não se destacando em relação aos edifícios vizinhos. Localiza-se em frente ao Monumento em Homenagem ao Homem do Campo, erguido no canteiro central da Avenida.

4. AVALIAÇÃO

Técnica: Estrutura em concreto e vedação em tijolo cerâmico; esquadrias metálicas industrializadas; telhado em duas e três águas arrematado com calha, sem platibanda.
Social: Trata-se de um conjunto residencial concebido em um único volume, porém mantendo acessos individuais que lhes garantem um caráter de residências independentes. Possui planejamento espacial baseado na funcionalidade recorrente do período moderno que enfatiza a racionalização do espaço projetado com dimensões mínimas para a execução das tarefas especializadas, apontando para a idéia de famílias reduzidas e a concepção de apartamentos de pequenas dimensões em condomínios verticais que ser tornaram populares nas décadas seguintes.
Cultural e estética: Possui plasticidade marcada por elementos horizontais e uma volumetria que possui movimento devido à projeção do pavimento superior com uso de planos inclinados; a linha contínua das aberturas no pavimento superior enfatiza a idéia de volume único que é amenizada pela individualização dos acessos com alvenarias no piso térreo. A forte racionalização e funcionalidade dos espaços internos é negada apenas pela presença da edícula no térreo, separada do corpo principal, com o quarto e banheiro de empregados e o tanque, que denuncia a permanência do planejamento residencial tradicional.
Histórica: A construção testemunha um período de transformação do modo de morar; o edifício apresenta organização funcional bastante característico do período moderno, ainda pouco difundido na época de sua construção.
General assessment: inovação tipológica, estética e social

5. DOCUMENTAÇÃO

referências principais:
BORGES, Alex de Castro. Inventário de Proteção do Acervo Cultural de Patos de Minas: Edifício Alvorada. Prefeitura de Patos de Minas, 2008.
material visual anexado:
pesquisador/data: Karina Ribeiro de Oliveira, 18 de Fevereiro de 09.

6. EXAME DO RELATÓRIO

nome do revisor: Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale
data do preenchimento: 23 de março de 2009      
comentários:

7. ANEXOS

 

 

_Frutal
_Ituiutaba
_Monte Alegre de Minas
_Monte Carmelo
_Patos de Minas
_Patrocínio
_Prata
_Rio Paranaíba
_Sacramento
_Tupaciguara
_Uberaba
_Uberlândia